História Agora

Pesquisador brasileiro traduz textos da Antiga Mesopotâmia diretamente para o português

Recentemente, tive contato com o incrível trabalho desenvolvido pelo professor Jacyntho Lins Brandão, do departamento de Letras da UFMG, que está traduzindo uma série textos de literatura da antiga Mesopotâmia, diretamente do Acádio para a língua portuguesa. Trata-se de um trabalho único, que fornece traduções de altíssima qualidade, acompanhadas de comentários críticos, que mostram as escolhas do tradutor e explicam várias informações dos textos, como localizações, divindades, etc.

Até o momento, foi publicada a tradução do texto Descida de Ishtar ao Mundo dos Mortos e alguns trechos da epopeia de Gilgamesh, que em breve será inteiramente publicada em um livro. Clique nos títulos a seguir para ter acesso às traduções:

Sîn-Léqi-Unninni, Ele o abismo viu (Série de Gilgámesh 1): Tradução da tabuinha 1

Descida de Ishtar ao Mundo dos Mortos.

A prece de Nínsun (Sîn-lēqi-unninni, Ele o abismo viu, serie de Gilgámesh, tabuinha 3, v. 13-135).

Sîn-lēqi-unnini, Ele o abismo viu, série de Gilgámesh, tabuinha 6.

Leia mais sobre o trabalho de Jacyntho Lins Brandão neste artigo: Como se faz um herói: as linhas de força no poema de Gilgámesh.

Esperamos que gostem!

Robson Bertasso

Acadêmico do curso de História da UFPR. Possui interesse em temas relacionados à História da Historiografia e à História das Ciências Sociais na França. contato@historiaagora.com.br

Comentários no Facebook